Arquitetura de Interiores.


Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) – USP, São Paulo, Brasil, 1969 (João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi)

Já dizia um grande arquiteto, João Batista Vilanova Artigas, em 1964 quando imaginou o futuro da profissão:


“…Ousamos prever que, num futuro não remoto, o campo de atividade de o arquiteto ter-se-á estendido a servir tão profundamente a humanidade que os objetos do cotidiano, os de vida mais efêmera, até as amplas paisagens: a urbana e regional, serão objetos de nossa manipulação entusiasta, de nossa atividade criadora”.


A Arquitetura de Interiores é PROJETAR OS AMBIENTES INTERNOS E EXTERNOS, sempre pensando estrategicamente em unir funcionalidade, conforto e beleza.

Para que o projeto saia suprindo as necessidades físicas e emocionais do cliente, tudo começa com uma conversa para conhecer melhor a pessoa para quem o projeto será feito, e depois vem as etapas de Estudo Preliminar, Anteprojeto e Projeto Executivo (detalhamento). Cada uma delas depende unicamente da anterior para que o projeto seja no fim realizado como o cliente quer.


Dentro dessas etapas, incluem-se os seguintes projetos:

*Planta de Layout - onde consegue-se ver a funcionalidade dos ambientes.

*Projeto de Forro - pode ser de gesso, drywall ou materiais similares, para embutir luminárias, fazer desenhos no teto, sancas decorativas, etc.

*Projeto Luminotécnico (Iluminação/Elétrico) - onde são definidas as melhores luminárias e tipos de lâmpadas necessárias, criadas iluminações cênicas e decorativas e ainda conforme os eletrodomésticos e eletrônicos definidos em projeto, as tomadas que serão necessárias para que não cause um apagão no local.

*Projeto de Revestimentos (paginação) - onde é desenhado e feito o quantitativo de material que será necessário. Esse material pode ser piso laminado, porcelanato, pedra, mosaicos, etc. Isso para paredes e pisos existentes.

*Projeto de Mobiliário - consiste no desenho dos móveis dos ambientes. Conforme conversa entre o arquiteto e o cliente. Definição de cores e materiais, sempre pensando no ambiente como um todo e não apenas no móvel.

*Modelagem 3D - onde todos esses projetos aparecem em imagens dos ambientes, para que todos consigam visualizar o projeto antes mesmo de ser executado.



Dentro de tudo isso, o arquiteto inclui no seu trabalho, a parte de acompanhamento e visita em lojas de interesse do cliente - iluminação, móveis prontos, revestimentos, objetos decorativos, quadros, etc. - , após a escolhas dos materiais, toda a parte orçamentária, ou seja, todos os materiais, objetos e similares são orçados com fornecedores e apresentados aos clientes para escolha daquele que melhor supri sua necessidade econômica.

E ainda na parte de execução do projeto, o arquiteto acompanha a obra, vendo se os fornecedores estão entregando os materiais corretos e executando a obra de acordo com o projeto.

Sede Projete-se Arquitetura em reunião.


O objetivo sempre será criar um ambiente harmônico, funcional e aconchegante, seja para um escritório, uma residência ou qualquer outro local.


Espero ter passado um pouquinho de como funciona esse ramo da Arquitetura e o trabalho do Arquiteto e Interiores.

Próximo Post será sobre PAISAGISMO.


Beijos (:


E NÃO ESQUEÇA... CONTRATE UM ARQUITETO.



#arquitetas #arquitetos #decoração #Projetese #projetesearquiteturaeinteriores #arquitetura #arquiteturadeinteriores #Funcional #Conforto #beleza

Posts Em Destaque
Posts Recentes